26 de Septiembre de 2018
Portal Educativo de las Américas
  Idioma:
 Imprima esta Página  Envie esta Página por Correo  Califique esta Página  Agregar a mis Contenidos  Página Principal 
¿Nuevo Usuario? - ¿Olvidó su Clave? - Usuario Registrado:     

Búsqueda



Colección:
Revista Interamericana de Bibliografía (RIB)
Número: 1
Título: 1998

OBRAS CITADAS

    Andrade Muricy. A nova literatura brasileira: crítica e antologia. Porto Alegre: Livraria do Globo, 1936.
    Bataille, Georges. Erotism: Death and Sensuality. San Francisco: City Lights Books, 1986.
    Berkin, Carol. “’Dangerous Courtesies’ Assault Women’s History.” Chronicle of Higher Education 11 December 1991: 44.
    Brito, Cândida. Antologia feminina. Rio: Tipografia Póllux, 1928.
    —————. Antologia feminina. 3a. ed. Rio: Edição de “A Dona de Casa,” 1937.
    Brito, Mário da Silva. História do Modernismo brasileiro. 4a. ed. São Paulo: Civilização Brasileira, 1974. Vol. I: Antecedentes da Semana de Arte Moderna. 259-66.
    Campos, Augusto de. Pagu: vida e obra. São Paulo: Brasiliense, 1982.
    Carlson-Leavitt, Joyce Anne. “Gilka Machado and Adélia Prado: Two Brazilian Women Poets’ Vision of the Female Experience.” Dissertação. University of New Mexico, 1989.
    Castello Branco, Lúcia. “As incuráveis feridas da natureza feminina.” Lúcia Castello Branco e Ruth Silviano Brandão. A mulher escrita. Rio: Casa Maria. 87-109.
    Gilbert, Sandra, e Susan Gubar. The Madwoman in the Attic: The Woman Writer and the Nineteenth Century Literary Imagination. New Haven: Yale University Press, 1979.
    Gottlieb, Nadia. “Com Dona Gilka Machado Eros pede a palavra (poesia erótica brasileira nos inícios do século XX).” Polímica 4 (1982): 23-47.
    Grieco, Agripino. Evolução da poesia brasileira. 3a. ed. Rio: José Olympio, 1947.
    Hahner, June E. A mulher brasileira e suas lutas sociais e políticas: 1850-1937. São Paulo: Brasiliense, 1981.
    Jordan, Dawn. “Building a History of Women’s Literature in Brazil.” Plaza 5-6 (1981-1982): 75-96.
    Machado, Gilka. “Dados autobiográficos.” Poesias completas ix-xi.
    —————. Poesias 1915-1917. 3a. ed. Rio: Jacinto Ribeiro dos Santos, 1929.
    —————. Poesias completas. Rio: Cátedra, Brasília: INL-MEC, 1978.
    Menezes, Raimundo de. Dicionário literário brasileiro. Vol. III. São Paulo: Saraiva, 1969.
    Miller, Beth. “Uma reavaliação do cânon poético.” Brasil/Brazil 1 (1988): 54-64.
    Moisés, Massaud. História da literatura brasileira. Vol. III. Simbolismo. São Paulo: Cultrix, 1985.
    Moisés, Massaud, e José Paulo Paes. Pequeno dicionário de literatura brasileira. 2a. ed. São Paulo: Cultrix, 1980.
    Py, Fernando. “Prefácio.” Machado Poesias completas xix-xxviii.
    Saffioti, Heleieth I. B. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. São Paulo: Quatro Artes, 1969.
    Saraiva, Arnaldo. O modernismo brasileiro e o modernismo português. Subsídios para o seu estudo e para a história de suas relações; Documentos inéditos. Porto [Portugal]: n.e., 1986.
    Vítor, Nestor. “Gilca [sic] Machado.” O Globo 8 julho 1928. Obra crítica de Nestor Vítor. Vol. II. Rio: Ministério da Educação e Cultura, Fundação Casa de Rui Barbosa, 1973.
    Wallis, Marie Pope. “Modern Women Poets of Brazil.” n.p.: n.e., 1972. Condensação Dissertação. University of New Mexico, 1947.

[INDICE] [ARTIGO] [NOTAS] [OBRAS CITADAS]