21 de Junio de 2018
Portal Educativo de las Américas
  Idioma:
 Imprima esta Página  Envie esta Página por Correo  Califique esta Página  Agregar a mis Contenidos  Página Principal 
¿Nuevo Usuario? - ¿Olvidó su Clave? - Usuario Registrado:     

Búsqueda



Colección: La Educación
Número: (119) III
Año: 1994

RESUMO

Em um nível, parece óbvia a importância da educação para o crescimento econômico. Restam, porém, muitas questões: quanto se necessita de educação, quem deve recebê-la, quem deve ministrá-la, como deve ser organizada a sua transmissão, quem deve pagar, quem será beneficiado e em que se relaciona a educação com outros tipos de política econômica e social? Houve tempo em que era difícil responder a essas perguntas porque, surpreendentemente, os analistas tinham dificuldade em explicar por que e como a educação se relaciona com o crescimento e a competitividade. A última década, porém, viu registrarem-se novos avanços na pesquisa teórica e empírica sobre educação e crescimento. Este trabalho faz uso do pensamento econômico atual sobre o relacionamento entre educação, desenvolvimento e crescimento, assim como com ocorrências recentes na área da reforma educacional nos Estados Unidos, para um exame da política educacional nos países em desenvolvimento. Uma das conclusões fundamentais daquela pesquisa é a de que não se pode compreender em abstrato a relação entre educação e crescimento. Educação não é algo que se possa afixar à sociedade e à economia independentemente das condições circundantes. Para diferentes condições fazem-se necessárias diferentes estratégias educacionais.