21 de Enero de 2018
Portal Educativo de las Américas
  Idioma:
 Imprima esta Página  Envie esta Página por Correo  Califique esta Página  Agregar a mis Contenidos  Página Principal 
¿Nuevo Usuario? - ¿Olvidó su Clave? - Usuario Registrado:     

Búsqueda



Colección:
La Educación
Número: (118) II
Año: 1994

RESUMO

Este texto usa um quadro de referência cultural e uma metodologia qualitativa para investigar e analisar os problemas e desafios enfrentados por uma universidade latinoamericana. O propósito do artigo é duplo. Primeiramente, explica o autor como se pode usar um esquema cultural e metodologia de estudo organizacional para interpretar instituições pos-secundárias na América Latina. Em segundo lugar, sugere as implicações desse esquema com respeito a tomada de decisões e estratégia.

O trabalho divide-se em três partes. Na primeira, o autor explica os termos da cultura organizacional e os aplica às instituições pos-secundárias latinoamericanas. Um quadro de referência cultural relaciona-se com o modo pelo qual os que participam de uma organização interpretam cinco componentes culturais: (a) missão e ideologia; (b) conhecimento e poder; (c) comunicação e linguagem; (d) liderança e estratégia; e finalmente (e) ambiente e grupos representados. Ainda nesta parte discute as forças e fraquezas de uma metodologia qualitativa e sublinha o papel do pesquisador no desenvolvimento dos dados. A segunda parte é um estudo de caso de uma instituição, para exemplificar como se pode analisar-lhe as atividades usando um quadro de referência cultural. Os dados provêm de entrevistas na Universidade do Panamá. Na parte final, discute as implicações do quadro de referência. O texto considera em particular três desafios às instituições pos-secundárias — existencial, intelectual e político — e os relaciona com o quadro conceitual esboçado.