9 de Diciembre de 2018
Portal Educativo de las Américas
  Idioma:
 Imprima esta Página  Envie esta Página por Correo  Califique esta Página  Agregar a mis Contenidos  Página Principal 
¿Nuevo Usuario? - ¿Olvidó su Clave? - Usuario Registrado:     

Búsqueda



Colección:
La Educación
Número: (117) I
Año: 1994

RESUMO

Este artigo discute a necessidade de incluir um currículo formal e explícito sobre educação moral nas escolas dos países latino-americanos. Essa educação, além de dirigir-se em forma abstrata ao que é certo e o que não é, deveria concentrar-se no desenvolvimento de pessoas e cidadãos responsáveis. Propõe-se que um currículo de educação moral deveria dirigir a atenção ao desenvolvimento e a incutir um sentido de responsbilidade, tanto em nível individual como em nível de cidadão. Para esse fin devem tomar-se em conta três fatores: (i) um aspecto cognoscitivo que permita ao indivíduo aprender a raciocinar, identificar e tomar decisões em relação a dilemas ou conflitos morais; (ii) um aspecto afetivo que faça o indivíduo sentir-se obrigado a fazer algo a respeito da referida situação; e (iii) um aspecto de conduta que resulte em ações pelo indivíduo baseadas em sua própria consciência e juízo moral. Conclui-se com uma série de sugestões sobre atividades que poderiam ser incluídas nesse currículo, adaptando-as às idades das crianças e à realidade da escola e da sociedade onde serão realizadas.