December 18, 2017
Educational Portal of the Americas
 Language:
 Printer Friendly Version  E-mail this Page  Rate this Page  Add this Page to My Favorites  Home Page 
New User? - Forgot your Password? - Registered User:     

Site Search



Collection: INTERAMER
Number: 44
Author: Etnia e Nação Na América Latina, Vol.I
Title: George De Cerqueira Leite Zarur, Organizador

AGRADECIMENTOS

A reunião que originou este volume não se teria realizado, não fosse o esforço solidário de pessoas que vivem a alguns milhares de quilômetros de distância umas das outras. Aconteceu no Brasil em Dezembro de 1992, apenas dois meses após o impeachment de Collor de Mello. Seu preparo deu-se em um momento trágico da vida brasileira, quando o Estado era destruído em nome de vagas promessas econômicas e inconfessáveis interesses. As instituições brasileiras voltadas à formulação da política de Ciência e Tecnologia, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), foram duramente feridas e não se escondia sua planejada extinção. Também centros de pesquisa foram atingidos, alguns fechados. Era uma questão de tempo, para que viesse uma “reforma universitária”, com o provável efeito de levar à frente a tarefa de destruição nacional.

Neste difícil momento, encontrava-me abrigado no Departamento de Antropologia, após o fechamento do Centro de Estudos em Política Científica e Tecnológica, em que, conforme planejado há muitos anos e acordado com a secretaria geral do Centro Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO), ocorreu a terceira reunião do Grupo de Trabalho Sobre Identidades da América Latina, de que sou coordenador. Esta reunião não teria ocorrido, não fosse o apoio de algumas instituições e indivíduos a que sou extremamente grato.

A Organização dos Estados Americanos forneceu os recursos financeiros para o evento e responsabilizou-se pela publicação de seus resultados. Faço meu comovido agradecimento à área cultural da Organização dos Estados Americanos (OEA), que sensível à situação do meu país e à relevância do projeto, tudo fez para que os recursos solicitados fossem aprovados a tempo para a realização da reunião. Na OEA, também agradeço a Manuel Mari, que me abriu as portas de sua instituição. O encontro não teria se realizado sem o apoio decidido do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, através da embaixada brasileira em Washington e da missão brasileira junto à OEA. Ao embaixador Rubem Ricúpero, meus mais sinceros agradecimentos, bem como ao conselheiro Fausto Godoy, da área cultural da embaixada. Estava prevista a participação do embaixador Ricúpero proferindo a conferência de abertura da reunião, que não se concretizou no último momento, devido a suas múltiplas atividades em um dos mais altos postos da diplomacia brasileira. O secretário Guilherme Patriota, da missão brasileira junto à OEA, teve um papel decisivo naquela instituição e no processamento do projeto no Itamarati.

Esta reunião também não teria sido possível sem o irrestrito apoio da Sede Acadêmica Brasil da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO), instituição da qual me orgulho de participar. A todo o pessoal administrativo da FLACSO, o meu mais sincero agradecimento. Ayrton Fausto, meu director na FLACSO-Brasil, deu a indispensável cobertura política e institucional para a realização do evento.